Ladrões de Elite, Ally Carter - Nuvem de Letras

domingo, abril 28, 2013

Ladrões de Elite, Ally Carter

INFORMAÇÕES:
QUANTIDADE DE PÁGINAS: 231
EDITORA: Arqueiro
COMPRE: Submarino, Saraiva

Ladrões de Elite é um livro que, no mínimo, te instiga a querer saber mais sobre a história por trazer um tema um tanto quanto incomum de se encontrar por aí: Ally Carter explora a vida de uma família de ladrões que roubam arte. E, acredite, você pode acabar torcendo por eles, mesmo sendo ladrões.

Katarina Bishop era uma ladra desde criança, contudo resolveu abandonar os “negócios” da família na tentativa de ter uma vida normal. Contra a vontade de todos Kat se matricula em um colégio, onde ninguém sabe sobre seu passado... Mas as coisas não seriam tão tranquilas assim e em pouco tempo, ela se vê intimida a voltar aos negócios.


Após Arturo Taccone, um renomado ladrão ter seus quadros roubados, seu principal suspeito é Bob Bishop, pai de Kat. Só que dessa vez Bob não é o culpado, mas Arturo não quer saber disso. Ele quer seus quadros de volta e Katarina terá que se virar para acha-los e devolvê-los ao seu respectivo dono, antes que o pior aconteça. Sem poder contar com a ajuda de seu pai (que está sendo vigiado pela Interpol) ou qualquer outro adulto da família, a jovem de 15 anos reúne um grupo de ladrões tão jovens quanto ela para desvendar o mistério e devolver os quadros. Mesmo que isso signifique retornar à ativa e largar a vida “normal” que tanto sonhou.

Esse livro definitivamente me prendeu na leitura.  E isso não se deve à diagramação caprichada que a Editora Arqueiro fez, mas sim pela criatividade e desenrolar dos fatos que Ally Carter fez questão de emendar em “nós” bem criados. A narrativa de Ladrões de Elite é gostosa, corrida, um livro para se ler rápido e que não é nem um pouco cansativo.

Há uma dose pequena de romance na história, mas esse não é o foco – e acredito, particularmente, que se o romance fosse mais abordado, a história iria ficar um pouco sem graça. A leitura acaba te fazendo querer saber mais sobre a arquitetura dos roubos das obras de arte, querer entender a lógica da coisa e tentar acompanhar juntamente com Katarina quem é o culpado e como roubar os quadros dessa pessoa.
Os personagens são todos cativantes; e me vi extremamente curiosa a respeito de Bob Bishop, o pai de Kat que apesar de ser o principal suspeito de Taccone, não é tão abordado no livro. Entretanto os “comparsas” de Kat para desvendar o crime são todos envolventes, cada um com sua peculiaridade. Destaque para Hale, é claro, amigo de Kat, com tiradas recheadas de humor e com um charme particular.

Numa corrida contra o tempo (já que Arturo Taccone dá um prazo de entrega a Katarina) acompanhamos quase sem fôlego o desenrolar da trama. Confesso que me perdi em alguns fatos e acontecimentos na leitura, mas o livro como um todo é gostoso de se ler. Estou louca para a continuação da série e realmente espero que a continuação da história seja tão boa quanto esse, o livro Ladrões de Elite.

Um livro que leria novamente e que na avaliação leva quatro estrelinhas. O motivo? Acabei criando expectativas demais após ler uma resenha super empolgada. Mas isso não tira os méritos da história, é claro.

Quotes:
"... Mas isso acabou dando muito certo, já que estou matriculado no Instituto Knightsbury agora.
- Nunca ouvi falar.
- Na semana passada, meu pai recebeu uma carta dizendo que eu me tornei um aluno modelo.
- Meus parabéns - cumprimentou Kat, duvidando daquilo.
- Bem, sou o único aluno. - Hale abriu um sorriso típico dele." (página 17)

"Ela observou W. W. Hale V. Ele não parecia ter só 16 anos, com seu cabelo castanho-claro desalinhado, a pele dourada e um primeiro nome que, apesar de dois anos de tentativas, Kat nunca conseguira descobrir.
- Duvido que eles pensem assim, Wesley - chutou ela
Hale sorriu.
- Passou longe. (página 17)

3 comentários:

  1. Oie :)

    Nossa quero muito ler essa série, achei bom ler a sua resenha porque minhas expectativas estavam lá em cima é agora abaixaram, beijos !!!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  2. Oi flor,
    saudades do seu blog viu, mas a correria da vida não deixa eu comenta nos blogs como antigamente, mas não esqueci desse espaço aqui.
    Esse livro comprei na Bienal do ano passado mas ainda não, já conhecia ela li algumas resenhas já.
    Mas não estou com tantas expectativas a respeito dessa leitura, sua resenha ficou ótima.
    Parabéns.

    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bom?
    Deve ser muito bom esse livro, adorei a resenha!!
    Território das garotas
    @territoriodg
    Bjss *-*
    Passa lá no blog?
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir