domingo, dezembro 22, 2013

Bel Ami, O Sedutor

Bel Ami retrata como pano de fundo uma Paris da década de 1890, com todos os seus dilemas e conflitos; uma sociedade corrupta onde ninguém pode confiar em ninguém. O contexto é centralizado em Georges Duroy, um jovem que vive em uma situação financeira precária. Em uma de suas saídas para um bar imundo constantemente frequentado pelo rapaz, Duroy vê sua chance de ouro brilhar ao reencontrar um velho colega do exército, Charles, que lhe fornece uma oportunidade de melhorar a situação caótica em que vive. O rapaz é gentilmente convidado a se encontrar com três mulheres com grande influência social e politica na época: Madeleine, Virgine e Clotilde. Duroy resolve utilizar seus atributos pessoais para se inserir nesse meio e fazer com que sua ascensão social chegue mais rápido do que ele imaginava.



Em uma sociedade onde confiar em sua própria sombra pode não ser a melhor escolha, Duroy prova o amargo gosto do seu próprio veneno quando vê que não é o único a querer "massagear seu ego" e que transbordar egoísmo. Além do jovem rapaz provar com suas atitudes que sua obsessão pela riqueza está acima de tudo, Duroy se utilizara de todos os meios necessários para alcançar seu objetivo, mesmo que para isso tenha que manipular pessoas e trair a confiança de quem a princípio está ao seu lado.

O filme é baseado na obra do escritor francês Guy de Maupassant, publicado em 1885. Ainda não li o livro, e procurando resenhas por aí para saber a opinião alheia sobre o filme, a unanimidade de opiniões prevalece. A maioria diz que há grande distinção entre filme e livro; um grande contraste dos artifícios que Guy de Maupassant utiliza para retratar a sociedade da época baseada na conduta dos personagens, versus Duroy utilizando demasiadamente seu charme para crescer rápido e fácil demais na sociedade da época. Pretendo ler esse livro para entender melhor o que o autor quis passar na obra, lembrando que o que mais vi por aí é o predomínio de aspectos da sociedade na época, não tanto prevalecendo o romance - como vemos na produção cinematográfica.


O filme pende mais para aspectos românticos e a importância do personagem principal masculino como um meio de convencer o sexo oposto a se submeter as suas artimanhas. O filme possui uma leve carga de drama e muitos romances proibidos, intrigas e surpresas. No geral consegue entreter, e Robert Pattinson por si só consegue convencer com seus meios sorrisos e fala mansa.



Assistiria mais uma vez, sim, claro. O filme é interessante, alguns excessos em cenas de romances, mas sem muitas faltas. Cumpre seu papel, apenas isso, nada de extraordinário.

INFORMAÇÕES:
Gênero: Drama
Duração: 1 hora e 42 minutos
Lançamento: 3 de agosto de 2012
Atores-destaques: Robert Pattinson, Uma Thurman, Kristin Scott Thomas
Dirigido por: Declan Donnellan, Nick Ormerod
Assistiria novamente!
Trailer:



Nenhum comentário:

Postar um comentário