Fênix: A Ilha por John Dixon

INFORMAÇÕES:
EDITORA: Novo Conceito
PÁGINAS: 333 páginas
AVALIAÇÃO: 5 de 5 estrelas (Excelente) + Favoritado
COMPRE: Na Americanas.com, No Submarino
BAIXE O PRIMEIRO CAPÍTULO: clique aqui

NÃO GRITE. NÃO IMPLORE. NÃO IMPORTA O QUE FAÇAM OU DIGAM, NÃO DÊ A ELES ESSA SATISFAÇÃO.

Fênix: A Ilha não foi um daqueles livros que explodiu de resenhas quando foi lançado, mas mesmo assim me deixou no mínimo intrigada para saber mais sobre a história. Com uma premissa instigante e a promessa de uma leitura ágil, o livro supera todas as expectativas, traz uma história sensacional, e ainda se tornou minha melhor leitura do ano, até agora!

Carl Freeman é um adolescente problemático. Ele tem dificuldades em controlar o ímpeto de ajudar os outros quando estes estão sofrendo qualquer tipo de agressão física, principalmente se são feitas por valentões. No boxe ele aprende canalizar sua raiva, mas mesmo assim, detesta esse tipo de pessoa e não consegue evitar defender os fracos.

Órfão, o garoto já passou por várias instituições e reformatórios, sendo que ele tem certeza de que sua próxima parada não pode ser outro lugar a não ser a prisão, cheia de homicidas e ladrões de verdade. Sentenciado como sua última chance para a Ilha Fênix, uma instituição terminal, Carl tenta se esforçar seguir adiante sem se meter em confusões. Mas o que fazer quando os valentões são quem comandam você a partir de então?

A Ilha Fênix é um ambiente completamente excluído da sociedade. Lá não há internet, telefone, televisão, nenhum tipo de entretenimento que muitos dos que são jogados lá eram acostumados a ter. Regalias? Nenhuma. O lugar funciona como um campo de treinamento no estilo militar para os jovens cujo histórico é manchado em ter descumprido a lei em algum momento de suas vidas. A princípio, Carl não imagina que o lugar é tão duro e cruel, mas aos poucos, descobre que os guardas, sargentos e treinadores nada mais são do que um conjunto de pessoas extremamente cruéis, sem sentimentos, tampouco compaixão.

Narrado em terceira pessoa, acompanhamos a vida de Carl Freeman na Ilha, enquanto ele nos revela flashes de parte de sua juventude antes dali. É muito interessante entender os princípios intrínsecos a ele e o que levaram Carl a ser como de fato é. Mas, você pode até pensar que isso soa como se esse trecho perdesse o ritmo, ou fosse um pouco chato e tedioso. Mas afirmo que não é nada disso que encontramos no livro. Do começo ao fim, Fênix: A Ilha revela uma narrativa completamente cheia de ação. Você não consegue parar de ler!

John Dixon não poupa o leitor de detalhe algum. Sério, onde há crueldade de alguns personagens, ele faz questão de narrar realmente o que é isso. Não é daquele tipo de livro que um personagem puramente ruim toma ciência de que suas ações não são nada legais e ameniza a mão, ou então muda de rumo. A caracterização de cada um dos instrutores ou dos próprios jovens presos na Ilha é muito bem feita. Ele consegue nos fazer sentir raiva de alguns, medo de outros e no final das contas, desconfiar de todo mundo. Afinal, a Ilha Fênix guarda muitos segredos, tanto sobre quem vai para lá, quanto de quem já está lá. E isso tudo é completamente bem escrito e narrado num ritmo eletrizante.

Em várias cenas fiquei chocada com a atitude de alguns personagens que são puramente valentões sem coração, e em outras, tive que fechar o livro porque muita coisa é agoniante e descrita de modo fiel. Isso me fez ficar fascinada pela escrita do autor. Quando um consegue causar esse tipo de reação em mim, fico super entusiasmada! A história também consegue nos trazer um panorama geral e muito além do que teríamos caso fosse narrado apenas por Carl. Isso traz novas perspectivas que contribuem totalmente para a compreensão do contexto onde os personagens estão inseridos.

A premissa da história é genial, e o autor que tem um leque gigantesco de explorar e criar coisas incríveis nessa história, não perde a oportunidade. Sem dúvidas, é um livro daqueles que podemos enxergar totalmente como filme no cinema.

Eu simplesmente amei a leitura e super indico para você que gosta de livros surpreendentes, com muita ação suspense. Num lugar cheio de segredos e totalmente desligado da sociedade, tudo pode acontecer.

O livro tem continuação! Esperamos que a editora Novo Conceito lance logo, já que Fênix: A Ilha está favoritado, melhor leitura do ano até então!

24 comentários:

  1. Esse tipo de livro sempre me ganha e, pela sua resenha, acredito que eu vá amar a obra. Sinceramente, parece ser um livro simplesmente incrível. Principalmente por ter essa pegada mais bruta, cheio de ação.
    Excelente dica.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de abril. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Li poucas resenhas sobre esse livro e sinceramente sua trama não despertou meu interesse, mas gostei da sua resenha.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi,
    Caramba eu não dava nada por esse livro, vou colocar na lista de desejados.
    Bjs!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
  4. Sério que é a sua melhor leitura do ano? hahaahahah
    Pirmeira pessoa que eu encontro que gostou desse livro. É um dos que menos gosto na minha estante e foi de longe a minha pior leitura de 2014. Eu tinha visto a série, da qual reza a lenda foi inspirada nesse livro.
    E eu achei muuito fraco. A relação do protagonista com a Octavia surge do nada, achei ela chata pra caramba e enfim. Não agradou a freguesia por aqui hahahaaha

    Mas que bom que você gostou, provavelmente então não é de todo ruim.

    Beeijo
    http://resenhandosonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAH Nossa que interessante! Engraçado que minha irmã não tem costume de ler e ela leu esse livro e amou! Aí fui ver o que tinha de tão especial e acabei gostando muito. Fiquei com muita vontade da continuação. E até gostei da Octavia :D
      Mas é sempre bom ouvir a outra opinião, mesmo que contrária. Gostei de saber a sua :) Não vi a série ainda, quando tiver tempo vou dar uma conferida.

      Excluir
  5. Oi, tudo bem?

    Eu já vi esse livros na livraria várias vezes, mas nuca levei a série por que em vez de uma mão eu sempre via alguma comida ali hduishfdsiuhfd ok, é sem noção, mas foi a minha mente, não tenho culpa... mas agora vejo ele de outra forma. Muito interessante saber que o livro é bom!

    Beijos, Ana K | http://universoaoquadrado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Nossa, que capa maravilhosa!! *-* Adorei sua resenha e fiquei super interessado. Parece ser incrível !!
    Beijos.
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. OI Oi!
    Nossa, li sua resenha e fiquei um tempo parada pra absorver tudo. A Ilha tem tudo o que eu gosto em livros e eu adoro quando o escritor é tão bom, mas tão bom que as cenas ficam chocantes como você disse. Vou colocar esse livro na minha lista de desejados pra não esquecer de ler, já que parece ter tudo o que eu amo e... Sua resenha está maravilhosa!!
    beijos

    LuMartinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lu! Tomara que você goste e curta assim como eu! A leitura foi maravilhosa :D

      Excluir
  8. Ao ler sua resenha me lembrei muito de Encarcerados, a premissa é levemente parecida. A tendência seria eu curtir bastante esse, já que amei Encarcerados. Mas acho que tenho que pesquisar mais um pouco pra ver se esse vale a pena... Enfim, ótima resenha, beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero muito ler Encarcerados! Quando fui ler Fênix: A Ilha ouvi falar que a premissa é bem parecida, mas acho que o desenvolvimento deve ser bem diferente! De qualquer forma, espero que você goste ;)

      Excluir
  9. Oi,ainda não conhecia esse livro,mas fiquei conhecendo ele agora e me encantei depois da sua resenha.A história parece ótima e envolvente,adoro livros assim,e sem falar na capa que é bem bonita.
    Amo livros surpreendentes,já vou procurar para ler.
    Beijos
    http://nadadecontodefadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia, mas deu até pra sentir sua empolgação pela leitura, o que acabou despertando a minha, parece ser ótimo

    ⋙ Um beijooo
    Blog Livros com café
    Instagram - @bloglivroscomcafe

    ResponderExcluir
  11. Oi Daisy, tudo bem?
    Vim retribuir a visita ao meu blog.
    Nossa, depois de uma resenha como essa, é impossível não querer ler esse livro. Você aguçou minha curiosidade quando citou esses mistérios dessa ilha. Imagine estar no meio dessas pessoas perigosas, sem saber quem são e porque foram parar lá. Adorei!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Cila, fico muito feliz que gostou!!! :)

      Excluir
  12. Olha eu sinceramente tenho que confessar que amei a sua resenha, mas eu não sabia que o livro era tão forte assim. Eu até o comprei, mas hoje eu tenho lido bastante livros leves sabe? Eu acho que não sei se iria gostar de ler no meu atual momento, mas mesmo assim vou dar uma conferida, se eu não aguentar eu passo pra frente =x
    Mas mesmo assim adorei tudo que você abordou sobre o livro, porque me parece bastante interessante tudo que o autor desenvolveu. Espero pelo menos gostar, mas vai demorar pra mim pegar nele ainda. =x


    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/04/resenha-filhos-de-lilith-o-despertar.html

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/04/nova-parceria-editora-petit-e-editora.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Sil! Entendo isso completamente! Eu tentei pegar esse livro uma vez, mas não senti que estava no momento de lê-lo, sabe? Deixei pra ler depois e adorei! Faça isso, leia no seu tempo também :)

      Excluir

Tecnologia do Blogger.