sexta-feira, fevereiro 27, 2015

O Melhor de Mim (Filme)

Não sou muito de assistir filmes de romance. Tenho certa rejeição inconsciente para assistir filmes ou ler livros desse tipo haha, por isso vez ou outra, muito raramente, me aventuro a fazer isso.

Quando vi que O Melhor de Mim ia sair para o cinema não fiquei tão empolgada assim. Porém assistindo o filme ontem, vi o quanto estava equivocada. Esse filme é ótimo!



O Melhor de Mim conta a história de Dawson e Amanda, e apesar de a princípio já sabermos como estão suas vidas no hoje, o filme caminha alternando entre o passado e o presente deles.

Dawson era um jovem mais pobre, recatado e com uma família um tanto quanto inconveniente e de certo modo, agressiva. Vivendo junto com seu pai e irmãos, Dawson é o típico "ponto fora da curva", nada a ver com o caráter agressivo de sua família. Já Amanda é a jovem com muitos sonhos e planos para o futuro, proveniente de uma família rica e mais conservadora.

Em um dia, Dawson e Amanda acabam se conhecendo e o interesse amoroso de um em relação ao outro é quase instantâneo. Com o passar do tempo, acompanhamos o desenvolvimento do relacionamento deles e, ao mesmo tempo, os problemas com suas respectivas famílias, bem como problemas pessoais.

Em contrapartida temos o Dawson e a Amanda no presente. Fica notório que em algum ponto da vida deles ambos tomaram rumos diferentes e seguiram com suas vidas. Amanda ainda tem resquícios da essência da garota que ela costumava ser na juventude, já Dawson vive sua vida em busca de entender o sentido da sua vida.



Após o falecimento de um querido amigo que ambos compartilhavam, Dawson e Amanda acabam tendo que se reencontrar. Se vendo no mesmo lugar onde ambos se apaixonaram e passaram grande parte de suas juventudes fazendo sonhos e planos juntos, eles tentam curar seus corações e feridas do passado.

Assistam! Se há algo que possa dizer a vocês, é isso. Não sei se esse entusiasmo meu com o balanço que fiz do filme após assisti-lo foi por conta de eu jamais ter assistido ou lido algo do Nicholas Sparks, mas, de qualquer forma, me surpreendi muito!

O filme possui amarrações muito interessantes e emocionantes. Ao passo que acompanhamos os romances da juventude, as promessas trocadas, as lembranças de momentos em que o casal passou juntos, sentimos também a curiosidade em saber o motivo de ambos não terem ficado juntos – resultado de uma vida totalmente separada, onde Dawson e Amanda não possuíam até então contato um com o outro.

Os problemas que ambos enfrentam em suas vidas na juventude, as dificuldades não em relação a estarem juntos, mas na vida de cada um, se tornam pontos chaves na história, de modo que podemos notar que o filme não é de todo romântico. O Melhor de Mim não foca no relacionamento deles, mas nos acontecimentos incontroláveis que rodeiam suas vidas.

Queria saber se o filme foi fiel ao livro, pois se foi, posso dizer que achei genial as ideias e pensamentos que o autor teve para criar essa história. É um romance apaixonante que traz aquele sentimento bom no peito, aquele suspiro profundo de quando vemos algo realmente bom acontecendo.

O Melhor de Mim foi uma história incrível sobre passado e principalmente sobre escolhas, e para onde elas nos levam. Confesso que consegui me manter sem chorar até perto do final, mas nos últimos acontecimentos não aguentei e acabaram caindo algumas lágrimas. Emocionante!

TRAILER:

4 comentários:

  1. nunca nem tinha ouvido falar sobre esse filme/livro antes, sou fa sim de romance mas nao muito do nicholas sparks, poucos livros dele que viraram filme eu gostei mas tb nunca li os livros.. vendo pelo seu post eu realmente devo gostar desse filme, parece ser um dos meus tipos favoritos para romance, entao ja anotei o nome do filme e estou querendo ver ele logo..
    so pra deixar claro, amei seu blog e ja segui ele.

    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja sim, eu que também nunca fui fã de carteirinha do Sparks, adorei! haha
      Ahh seja bem vinda e volte sempre ;)

      Excluir
  2. JURO que estou indo assistir esse filme agora! Acho que vou chorar horrores, mas que vai me fazer refletir... então vai valer a pena!

    Beijão, Guta!
    www.opinada.com

    ResponderExcluir