As Aventuras de Pi

Oi gente!
Assisti As Aventuras de Pi no cinema recentemente e como não faço comentários de filmes há um bom tempo, resolvi falar um pouquinho sobre ele aqui... Até porque a Editora Nova Fronteira fez o (re)lançamento do exemplar com a capa do livro e ficou uma graça! Antes de tudo, devo comentar que ganhei um par de ingressos para assistir o filme, bem como um exemplar do livro, pela queridíssima editora Nova Fronteira por meio de um sorteio - muito obrigada! Quer conferir? Vem comigo!


Piscine Patel, ou melhor, Pi, é um garoto que foi criado em um zoológico. Acostumado a viver no meio dos animais desde pequeno, quando o tigre de bengala Richard Parker chega para compor o quadro de animais do zoo, o menino fica todo entusiasmado e encantando com o significado que um simples olhar do tigre transmite a ele. Quando em um dia como outro qualquer é noticiado de que sua família não poderá mais manter o zoológico, o garoto juntamente com seu irmão e pais são obrigados a deixar tudo o que lhes pertence na cidade - inclusive romances, paixões, saudades... Tudo - e então embarcar em um navio com os bichos a bordo rumo ao Canadá. Por surpresa na noite de viagem, cai uma tempestade e o navio o qual estão viajando, acaba naufragando. Pi vê perder toda a sua família em um piscar de olhos. Preso em um barco salva-vidas a alto mar, o garoto acaba só tendo a companhia de Richard Parker, o tigre de bengala e sua fé em um Deus - que o move para ter esperanças e não desistir, mesmo quando tudo parece perdido demais para ele.


As Aventuras de Pi foi um filme bastante interessante, desses que acaba despertando uma série de sentimentos em você. Não sei explicar bem o motivo, mas achei o filme bastante triste. Não por conta de algum acontecimento em específico, alguma fala, algum momento... Não, nada disso. Sai do cinema com uma sensação de tristeza, daquelas inexplicáveis que quando alguém te pergunta o que você achou daquele filme ou livro, você ó sabe dizer: "Não sei, achei bastante triste..." - sem que aquilo de fato possa ser explicado. É aquele sentimento que acaba se instalando ali e não tem muita explicação.

Pi é um garoto um tanto quanto corajoso. Indeciso, sim. Cheio de dúvidas, sim. Mas com esperança e coragem para encarar tais circunstâncias adversas que acabam o acometendo.

Os efeitos utilizados no filme são magníficos! As cenas são muito bem produzidas, o "mover" da história é bem elaborado. O construir e desenrolar da trama deve ser observado com aquele sentimento de "trabalho bem feito". Simplesmente porque o autor, digo até do livro mesmo, conseguiu sustentar uma história um tanto quanto longa onde há um cenário deserto/paradisíaco (no meio do nada, onde para qualquer lugar que olhe, só encontre água) com personagens peculiares: um garoto e um tigre de bengala que não dialogam - apesar de manterem certo nível de "conversação" corpórea - que acabam demonstrando afeto ou desafeto apenas por um olhar. Que conseguem dizer tanto sem nem ao menos trocarem palavras...


Há pinceladas sobre diversas religiões. Pi acredita em Deus desde criança, mas acaba se dividindo por todos os lados. Há pedaços de Pi espalhados em cada religião: cada parte de si simpatiza com uma crença distinta. E nessa sua indecisão, acaba tendo angústias internas por não saber o que quer; por não ter a capacidade de uma escolha definitiva. Sua indecisão o leva para vários lados, e não apenas um.


Depois de ver o filme, fiquei entusiasmada para conferir a edição com a LINDÍSSIMA capa que a Nova Fronteira publicou. A capa é realmente muito encantadora. Adorei mais do que a antiga... As Aventuras de Pi é um filme que só pelos cenários e imagens, merece ser assistido. O que dirá pelo resto.

Trailer:

6 comentários:

  1. Oi flor,
    Eu vi o trailer desse filme quando fui assistir Amanhecer parte 2, olha que gostei muito.
    Pretendo ler o livro em breve, assim que sair a resenha me avise hein :)
    Beijos
    http://marifriend.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oieeeee. Adorei!!!

    Eu assisti esse filme e gostei muito.
    No final eu achei um tiquinho parecido com Peixe Grande e Suas Hisstórias. Mas amei assim mesmo. Essa dúvida de será que era verdade? Ou não?
    Muito legal!!

    Bjkas

    ResponderExcluir
  3. @Mari ♥Olá Mari! Aviso sim, pode deixar =]
    Também tinha visto o trailer quando estava assistindo Amanhecer pt 2. Tinha ficado bem curiosa... ;)

    ResponderExcluir
  4. @Alessandra Tapias Já ouvi dizer que esse filme se parecia com algum outro livro/filme... Hum... será??

    Muito legal mesmo =] Eu gostei bastante

    ResponderExcluir
  5. Filme incrível, pensei que a ilha era imaginação dele, mas ai meu irmão me lembrou que se ele não tivesse encontrado a ilha teria morrido, muito show.

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito do filme, e ainda assim esperava ainda mais dele...rs

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.