Menino de Lugar Nenhum, David Mitchell

by - novembro 01, 2011

Olá pessoal, tudo bem?
O livro sobre o qual quero resenhar hoje é Menino de Lugar Nenhum, do autor inglês David Mitchell.
Faz um tempo que li o livro... Bom, vamos lá!
Livro: Menino de Lugar Nenhum
Autor: David Mitchell
Editora: Companhia das Letras
Ano: 2008
Edição: 1
Número de páginas: 472
Avaliação:  (3/5)

Sinopse:
Jason Taylor é um garoto inteligente e introspectivo que vive em uma cidadezinha do interior da Inglaterra. Está prestes a fazer treze anos, mas a proximidade do aniversário o apavora. Afinal,“treze parece muito pior que doze”.
Nesse elogiado romance de formação, David Mitchell narra um ano na vida de um pré-adolescente às voltas com a impopularidade no colégio e com as brigas cada vez mais freqüentes entre seus pais. O pano de fundo é a vida semi-rural do condado de Worcestershire, os efeitos da Guerra das Malvinas e a recessão do início da era Thatcher. A exemplo de outro famoso adolescente da literatura, Holden Caulfield, Taylor é mordaz, sensível e precoce em suas impressões do mundo.Mas seu universo interior é um segredo que ele esconde dos outros.
David Mitchell buscou simplicidade e sutileza em Menino de lugar nenhum, seu quarto livro, primeiro a ser lançado no Brasil. Mas o leitor logo descobrirá que essa simplicidade é apenas aparente. O discurso de Jason Taylor é de uma autenticidade impressionante, com gírias, hipérboles e metáforas poéticas alternando-se naturalmente. A partir de um conflito reconhecível por todos, a crise da pré-adolescência, Mitchell constrói uma história de notável profundidade e ressonância,numa prosa que combina crueldade, leveza, lirismo e humor. 

Bom, inicialmente, tenho que admitir que escolhi esse livro pela capa. Ela me atraiu bastante. Achei fofa, e o título fazia uma harmonia maior ainda. Pronto, levei!
O livro conta a história de Jason, um garoto que tem problemas com dicção. Esse problema faz com que Jason "trave" às vezes para pronunciar algumas palavras simples, o que o força a pensar numa palavra substituta rápida para que ninguém da escola descubra esse seu problema. Jason teme que seja conhecido no colégio como o "Gaguinho da Escola". 
Ahh, depois fui descobrir que o livro tem traços autobiográficos, ou seja, o autor também sofria/sofre com o mesmo problema de dicção.
Além disso, o livro trata do relacionamento conflituoso de seus pais e também da Era Tatcher, em seu cotidiano. Além de apontar as dificuldades encontradas no dia-a-dia de um adolescente, os dilemas, as paixões, as amizades, as brigas... Conta também da chegada dos ciganos na cidade — uma minoria desprezada —, o desenrolar da guerra das Malvinas, e até mesmo perdas de pessoas queridas.
É um livro longo, mas isso não me desanimou, pelo contrário, adoro livros assim, desde que a história prenda minha atenção. Logo de início da leitura, havia muita coisa engraçada, alguns comentários, algumas falas e acontecimentos que me faziam rir sozinha.
Tenho que confessar que, com o avanço da leitura, encarei o livro como uma série de capítulos que não tinham muita conexão entre si. Pareciam contos separados, que poderiam até ter o mesmo personagem, mas num contexto, tempo, hora, totalmente diferentes. Às vezes acabava um capítulo e eu pensava: "Uau, quero ver a continuação!!". Então, eu virava a página e... "Cadê o resto?"
No geral o livro não é ruim, pelo contrário, eu até gostei, apesar desse probleminha mencionado e também de muitas vezes a história ser meio parada... Em suma, o livro não é tão agitado, às vezes (confesso) me deu vontade de parar a leitura e deixar de lado, mas como estava chegando no final, prossegui.


E então, alguém já ouviu falar desse livro, leu?
Já desistiu ou sentiu vontade de desistir de alguma leitura?
Ahh, gostaram do blog? Beijão e comentem bastante!


Você também vai gostar

9 comentários

  1. Adorei a história, mas me desanimou em saber que os capítulos parecem contos e acho que isso iria me incomodar muito :s

    Beijos!
    Bianca - www.epilogosefinais.co.cc

    ResponderExcluir
  2. Oi flor!
    O livro parece ser bem denso! Acho que faz mais o estilo "reflexivo" do que por puro entretenimento!
    Amava o outro layout, mas esse também está lindo!
    E várias vezes acontece de eu querer abandonar a leitura, mas quase nunca abandono! Se comecei, vou até o fim!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. seguindo, segue ai também: www.inforblogba.tk

    ResponderExcluir
  4. Aaah, vendo essas resenhas me dá tanta vontade de ler... Sendo que tenho três livros aqui em casa que ainda não terminei, haha. Amei o blog, beijos.
    www.primeirapessoa-dosingular.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Obrigado por visitar e seguir meu blog.

    ResponderExcluir
  6. Oii!!
    Não conhecia esse livro, mas parece interessante! Só achei estranho isso dos capítulos não serem interligados, acho que nunca li nada assim, também iria me incomodar.
    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  7. Nunca li esse livro... Mas agora me deu vontade xD Vou procurar ler, já que fiquei bem curiosa. Obrigada pela sugestão!

    Seguindo now! Segue o meu também?
    www.thelondoner60.blogspot.com

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Como é lindo teu blog, com temas super interessantes, gostei de verdade aqui. Muito sucesso para você , viu ? Agora venho trazer uma dica para você blogueira : a @TodaProva está abrindo vagas para as blogueiras ficarem antenadas sobre os produtos antes de comprar http://belezaatodaprova.com.br/qh1in

    Vale a pena, se cadastrar :D

    http://pensamentosdasgirls.blogspot.com/
    Beijos @maysa_lobo

    ResponderExcluir
  9. Olá, eu n conheceia esse livro mas adoreia a resenha, ficou muito boa, mas n faz o meu estilo de leitura
    Bjs

    Amanda

    ResponderExcluir