About Me

30 junho 2013

Balanço do mês de junho + resultado do sorteio

| | 3 comentários
O sorteio do livro Presentes da Vida foi um sucesso e agradeço a todo mundo que participou! Se você não ganhou, não fique triste. O blog terá o lançamento de mais um sorteio nessa semana e quem sabe você será o próximo sorteado? Fiquem ligados.

Então, sem mais delongas, se você não conferiu o nome do vencedor no post do sorteio, aí vai o print com o nome da sorteada:

Parabéns BIANCA! Enviarei um e-mail para você nesse instante e você tem até 72 horas para responder com seu endereço, conforme dito anteriormente nas regras. Caso isso não aconteça, será refeito o sorteio.



Falando sobre o mês de junho, foi bem movimentado aqui no blog. Tiveram várias postagens e eu curti bastante isso. Consegui criar uma “agenda” para o blog e as coisas estão – e pretendo que continuem – bem organizadas. O layout mudou também! Na verdade foi uma mistura do que já havia no blog, mesclado a alguns novos detalhes. Espero que tenham gostado! Vamos então ao balanço do mês de junho, logo abaixo:

27 junho 2013

Casais Literários: Clara e Christian

| | 2 comentários
Clara Pea e Christian Nilsson é o casal proposto no livro Um Lugar para Ficar, da autora Deb Caletti. O livro já foi resenhado no site e você pode ler o que achei do livro clicando aqui.

Clara Pea sempre foi uma garota insegura e isso a faz sentir um tanto quanto incomodada. Ela não é o tipo de garota que vai atrás de um cara, e quando conhece Christian, um garoto com uma bela aparência e um papo envolvente, acaba se mostrando o oposto do que costumava ser. Segura, sentindo borboletas no estômago e ‘no controle da situação’, Clara começa a gostar disso; mas a bela incógnita que lhe começa como um namorado, acaba transformando esse “mundo perfeito” em um completo caos.

“Você deixou que eu a beijasse”. “E eu deixaria novamente”. Minhas palavras tinham parecido ousadas e diretas (...) e ele pareceu agradecido e ligeiramente atordoado. Era uma sensação nova, e eu gostei. Tive certeza de que aquela sensação de poder me faria ser audaciosa novamente e mais atrevida também. (...) Parecia haver um turbilhão girando dentro de mim, e a maior de todas as ironias foi que a sensação mais intensa que eu experimentara nessa noite fora a do meu próprio poder.

Christian é um garoto alto, ombros largos, loiro, olhos azuis.  No início, é doce, tem um olhar penetrante, de fazer qualquer garota se derreter perto dele, um garoto apaixonante. Seu comportamento real se revela paulatinamente. Christian na verdade é um tanto quanto inseguro consigo, extremamente ciumento, controlador e um pouco agressivo em relação a garota com quem ele está. São esses os primeiros fatores que desencadeiam uma série de outros no relacionamento e vida do casal, transpondo a barreira do que de fato é bom em relacionamentos, para algo como relacionamento abusivo e graves consequências.

O relacionamento entre Clara e Christian se inicia como algo intenso e rápido demais. Clara acaba morrendo de amores pelo rapaz em pouco tempo, sendo o sentimento recíproco. Eles se conhecem em um jogo de basquete da escola dela contra a escola dele, compartilhando a mesma insatisfação de estarem ali. Ele está acompanhado de uma garota. Ela está com sua amiga Shakti que estava torcendo por seu namorado, Luke. Uma troca de olhares é suficiente para que os dois comecem a conversar, em uma oportunidade onde ficam a sós. E a partir de então, os encontros acabam se tornando mais frequentes. E o relacionamento vai sendo construído.

25 junho 2013

Dois filmes nacionais que indico

| | 2 comentários
Filmes nacionais nem sempre são os preferidos das pessoas, quando se tem várias opções a serem escolhidas. Tem gente que conserva a preferência a filmes estrangeiros por diversas razões, que podem ser desde a proposta que o filme traz, até os efeitos especiais super bem elaborados. Seja lá por qual motivo for, resolvi fazer um post sobre alguns filmes nacionais que assisti e curti bastante. E que indico, certamente! E acredito que você não vá se arrepender, se der uma chance a eles.

Os dois filmes que escolhi trazem uma sucinta explicação ao lado, nada muito enrolado nem cheio de análises críticas e etc. São os motivos pelos quais eu indicaria esse filme a você, caso me perguntasse. E eu gostaria de saber sua opinião sobre eles, inclusive indicações sobre outros que você conheça e tenha gostado. Confira os indicados logo abaixo.

VAI QUE DÁ CERTO: Vocês devem já ter lido em algum post do blog que eu sou chatinha para assistir filmes de comédia, sejam eles nacionais ou internacionais. Eu AMO rir em filmes e livros, mas infelizmente a maioria dos que eu tenho encontrado por aí não conseguem cumprir o que é prometido. Mesmo que às vezes tragam a frase: ‘você vai se acabar de tanto rir’ e não consigam tirar um “Haha” dos meus lábios. Pois é, sou chatinha mesmo com isso, por isso sempre que posso evito filmes de comédia. Maaaaas como o post não é sobre isso, definitivamente não, o filme que INDICO é o Vai que Dá Certo.
Antes de conferi-lo, eu já logo descartei a hipótese de ser engraçado. Eu nem tinha lido direito sobre o que era o filme e já disse que era chato. Engano meu. O filme é super divertido e tive vários momentos de risos e gargalhadas altas. Os personagens são muito engraçados e os atores cumprem muito bem seus papéis de melhores amigos para todas as horas – inclusive quando o assunto é se encrencar para se dar bem financeiramente e ajudar os amigos. É óbvio que eles entram em enrascadas e é óbvio que você vai sim se acabar de tanto rir com as falas e atitudes impensadas que eles tomam. O filme promete muito e, em minha opinião, me surpreendeu cumprindo mais do que o que é prometido.

DOIS COELHOS: Efeitos especiais super bacanas – é o que eu resumiria esse filme. Ao contrário de Vai que Dá Certo, Dois Coelhos não é comédia e sim um filme repleto de ação e explosões, efeitos muito bem elaborados e uma história bem bacana. O filme consegue prender a atenção de quem está assistindo e tem várias peças que são encaixadas no desenrolar da trama, e quando chega ao final, tudo faz sentido! Muito bem elaborado e conduzido, o filme é completamente diferente do que estou acostumada a ver por aí de filmes brasileiros. Se eu fosse você, não perderia a oportunidade de assisti-lo.


E vocês, já assistiram?

23 junho 2013

O Livro do Amanhã, Cecelia Ahern

| | 8 comentários
INFORMAÇÕES:
QUANTIDADE DE PÁGINAS: 368
EDITORA: Novo Conceito
COMPRE: Submarino, Saraiva

A Vez da Minha Vida conta a história de Tamara Goodwin, uma garota que sempre teve uma vida regalada. Ela tinha as amigas “perfeitas”, muito dinheiro, uma casa luxuosa e estudava no melhor colégio. Mimada, sempre conseguia tudo o que queria dos pais e, em troca, lhes concedia birras e desprezo. Porém um dia o imprevisto acontece. Tamara encontra o pai em seu escritório, caído no chão, morto. Além da dor que destrói o castelo de vida perfeita que desfrutava, Tamara e sua mãe descobrem que estão falidas e que o motivo de ele ter tirado sua própria vida fora justamente esse: eles haviam perdido tudo.

Em busca de uma escapatória, ainda abaladas com tudo o que acontecera, Tamara e sua mãe se deslocam para um verdadeiro fim-de-mundo, um vilarejo no interior, no meio do nada. Elas acabam residindo na casa de seu tio, irmão de sua mãe, Arthur e de sua esposa, Rosaleen.

Além de o lugar ser o tédio completo para Tamara, não há nada de tão interessante para se fazer. Sem suas amigas e o dinheiro que costumava ter, sua vida se torna entediante. Como escapatória, acaba explorando as redondezas do vilarejo, onde há um castelo em ruínas e alguns moradores peculiares por ali, como a freira Irmã Ignatius, e a Biblioteca Itinerante da cidade com o garoto que trabalha nela. E é nessa biblioteca que estranhamente encontra um livro – mais parecido com um diário – onde acaba descobrindo uma proeza: com sua própria caligrafia, Tamara vê os acontecimentos do dia seguinte estampados na página, tudo revelado a ela. Ela então se vê no impasse de saber o que o amanhã lhe reserva e mudar ou não mudar o futuro.

19 junho 2013

Quote de livro: O Livro do Amanhã

| | 2 comentários
Você curte ler quotes de livros, marcar as passagens engraçadas, divertidas e as que você acaba gostando quando as encontra em um livro? E depois compartilha com os amigos, nas redes sociais, ou escreve no seu caderno, etc...? Eu adoro fazer isso e sou adepta a marcar quotes em meus livros com post-it para não me esquecer dessas passagens. Pensando nisso, resolvi fazer postagens esporádicas com quotes interessantes, engraçados, ou relevantes de algum livro que estou lendo no momento e acho válido compartilhar.
Finalizei a leitura de O Livro do Amanhã e terei muita coisa pra contar pra vocês na resenha. O livro é bem bacana e completamente diferente do que eu imaginava que seria. Comentarei mais na resenha, aguardem, em breve sairá aqui no blog.
Os quotes compartilhados são referentes a esse livro e, claro, estão livres de spoilers.

E se, e se, e se... E se soubéssemos, o que nos traria o amanhã? Poderíamos repará-lo? Conseguiríamos?

Ninguém que fala tão pouco é tão simples quanto pensamos. Não dizer quase nada exige muito porque, quando você não está falando, está pensando, e ele pensa muito. Papai e mamãe falavam o tempo todo. Falastrões não pensam muito; suas palavras excluem qualquer possibilidade de ouvir as perguntas inconscientes como: "Por que você disse isso?". "O que realmente acha?"

Quando solitárias, as pessoas se agarram a qualquer coisa para deixarem de se sentir assim.

Acho que a maioria das pessoas entra nas livrarias sem a menor ideia do que querem comprar. De algum modo, os livros ficam ali, quase que por magia, desejosos que as pessoas o escolham. A pessoa certa para o livro certo. Parece que já sabem de qual vida precisam fazer parte, em qual delas podem fazer diferença ou podem ensinar uma lição, pôr um sorriso no rosto no momento preciso.

Dizem que uma história perde algo cada vez que é contada. Se assim for, esta nada perdeu, pois a contarei pela primeira vez.

17 junho 2013

Lançamentos no cinema, mês de junho (2013)

| | 4 comentários
E o que terá de bom no cinema para a segunda quinzena do mês de junho? Muita coisa! Não conferiu a primeira parte dessa postagem? Clique aqui.
Separei 4 filmes para compartilhar com vocês, lembrando que há mais sendo exibidos no cinema e que separei somente alguns. Vamos conferir?

O filme brasileiro Minha Mãe é uma Peça parece ser uma daquelas comédias divertidíssimas! Assisti o trailer no cinema e fiquei com muita vontade de conferir! O trailer conseguiu arrancar risadas da maioria das pessoas que estavam no cinema e promete ser bem bacana!
Apesar de não ter visto divulgarem muito por aí o filme O Lugar Onde Tudo Termina, a proposta do drama parece ser bem instigante, e a sinopse em si revela uma história um tanto quanto tensa.
E para quem estava com saudades das animações gracinhas da Disney, Universidade Monstros está aí! Já assisti Monstros S/A várias vezes e espero que essa animação seja um tanto quanto divertida, assim como a anterior.
E por último MAS NÃO MENOS IMPORTANTE, COM CERTEZA!!!!!, temos Guerra Mundial Z, um filme que além de contar com Brad Pitt como personagem principal aêaê, mais uma vez traz a população mundial vulnerável, em risco, prestes a ser devastada por zumbis! O filme promete muita ação e cenas de tirar o fôlego. Estou super empolgada!



Filme: Minha Mãe é uma Peça
Distribuidora: Paris Filmes
Gênero: Comédia
Classificação: 12 anos

Dona Hermínia é uma mulher de meia idade que está aposentada e não tem muitas ocupações, sendo que sua maior preocupação é achar o que fazer. Ela é uma mãe dedicada e está sempre preocupada com os filhos, só que eles cresceram, e já não precisam tanto dela. Sem um trabalho, um companheiro ou filhos pequenos para se ocupar, ela passa o dia todo desabafando sobre seus problemas com a tia idosa, a vizinha fofoqueira e a amiga confidente.



15 junho 2013

Capa x Capa: É Melhor Não Saber

| | 0 comentários
Oi gente! Hoje tem batalhas de capas aqui no blog! Vamos conferir?
A Editora Arqueiro lançou há um tempinho um novo livro da autora Chevy Stevens. Para quem ainda não conhece nada sobre ela, fiz uma postagem sobre a autora e você pode conferir clicando aqui (x) e também já teve resenha de outro livro dela aqui (x), Identidade Roubada, um livro super bacana recheado de suspense.
Seu novo livro se chama É Melhor Não Saber e parece ter a mesma pegada de suspense que Identidade Roubada teve. O livro também é contado em sessões da personagem principal com a sua terapeuta, e logo aí já sabemos que conflitos psicológicos serão abordados! O livro será resenhado aqui no blog, provavelmente no mês que vem e eu realmente espero gostar da história!
Você pode conferir a sinopse logo abaixo e um trecho do livro, clicando aqui (x).

SINOPSE: Sara Gallagher nunca sentiu que pertencesse de verdade à sua família de criação. Embora sua mãe seja amorosa e gentil e ela se dê bem com sua irmã Lauren, a relação com o pai e a irmã caçula, Melanie, sempre foi complicada. Às vésperas de se casar, Sara decide que está pronta para investigar o passado e descobrir suas origens. Mas a verdade é muito mais aterrorizante do que ela poderia imaginar. Sara é fruto de um estupro, filha do Assassino do Acampamento, um famoso serial killer. Toda a sua paz acaba quando essa história é divulgada na internet e o pai que ela anteriormente queria conhecer resolve entrar em sua vida de forma avassaladora. Eufórico com a descoberta de que tem uma filha, John vê nela sua única chance de redenção. E, para criar um vínculo com Sara, ele está disposto a tudo, até a voltar a matar. Ao mesmo tempo, a polícia acredita que essa é sua única chance de prender o assassino e resolve usá-la como isca. Então Sara se vê numa caçada alucinante, lutando para preservar sua vida e a de sua filha. É melhor não saber é um complexo retrato de uma mulher tentando entender suas origens. Uma história cheia de reviravoltas, na qual ninguém é completamente bom ou mau.

E então, qual capa é a sua preferida para o novo lançamento da Chevy? Vote:


12 junho 2013

Quatro filmes para se assistir no dia dos namorados

| | 1 comentários
Oi gente! Quanto tempo eu não faço uma daquelas postagens de listas aqui no blog? Nunca conferiu? Clique aqui.
LISTAS é uma coluna aqui no blog, baseado em Samantha Madison e sua mania de sempre enumerar sua lista pessoal dos "dez mais--" (livro Garota Americana - Meg Cabot). Eu, que não perco a oportunidade de criar uma listinha, decidi implantar no blog; abordando diversos assuntos, sem um tema específico, a coluna foi criada para pura diversão e entretenimento de vocês, leitores.
Enfim, eu adoro fazer posts desse tipo, mas tenho que estar "no momento", digamos assim, para conseguir fazer algo bacana. Aproveitando que o Dia dos Namorados está chegando e que muita gente aproveita para assistir um filme romântico ou não, a lista de hoje vai dar dicas de quatro filmes românticos para se assistir no dia dos namorados. Vamos conferir?
obs/ lembrando que não é ordem de preferência, ok?

1) Orgulho e Preconceito: MAS É CLARO QUE EU NÃO IA DEIXAR PASSAR ORGULHO E PRECONCEITO! O filme pode não ter lá tantas cenas de romance e beijos, etc, mas, cara, é um dos melhores filmes do gênero! O livro já foi resenhado aqui no blog (x) e o filme é fiel às escritas de Jane Austen. Além de ser um romance histórico, o envolvimento amoroso entre os personagens consegue ser fofo, meigo, romântico, muito amor e te deixa com aquela sensação de "awwwwnnn, fofuras" dentro do peito. Se você não gosta/tem preguiça/não quer ler o livro, super recomendo o filme também!

2) P.S. Eu te Amo: filme super fofo e romântico, que fará os derretidos de plantão derramarem lágrimas e mais lágrimas. O filme foi baseado no livro da autora Cecelia Ahern, que leva o mesmo nome. Conta a história de um casal (Holly e Gerry) que tem seu romance interrompido após a morte de Gerry. Só que o marido deixou cartas antes de falecer que acabam guiando  Holly à superação do passado e ingresso em uma nova vida. As cartas são finalizadas pela frase que toma o nome do livro/filme: P.S. Eu te amo. Super fofo e romântico, o filme certamente é uma boa pedida!


09 junho 2013

O que está rolando por aí?

| | 1 comentários
Oi gente! Resolvi fazer uma postagem não tão convencional assim, aqui no blog. Pretendo postá-la sempre que possível. O intuito é de compartilhar eventos bacanas que estão acontecendo por aí, notícias relacionadas ao mundo literário ou cinematográfico. Dessa vez, resolvi reunir quatro eventos /notícias bacanas que estão por vir. Vamos conferir?



1) LANÇAMENTO DO LIVRO MINHA VIDA FORA DE SÉRIE, 2a TEMPORADA
QUANDO: 15/06, sábado
ONDE: às 16 horas no Shopping Ibirapuera
A autora Paula Pimenta irá fazer uma sessão de autógrafos referente ao lançamento do segundo livro da série Minha Vida Fora de Série.


2) LANÇAMENTO DO LIVRO DE BEM COM O ESPELHO
QUANDO: 25/06, terça-feira
ONDE: às 19 horas no Shopping Iguatemi Caxias
A blogueira e maquiadora Alice Salazar irá fazer o lançamento do seu livro publicado pela editora Belas Letras.



06 junho 2013

O que estou lendo?

| | 0 comentários
Para quem acompanha o twitter do blog, comentei sobre minha leitura atual e o que tenho achado dela (@nuvemdeletras). Bem, a leitura dessa vez engrenou logo após Laços Inseparáveis da autora Emily Giffin. Percebi que estou em uma fase menos livros YA e distopias, e com mais vontade de ler livros que não sejam sobrenaturais. É claro que minha leitura atual tem uma pegada, digamos, levemente sobrenatural - é o que estou sentindo com a leitura, mas nada (até então) com seres de outros planetas ou pessoas com super poderes.
O livro que estou lendo no momento é O Livro do Amanhã, autora Cecelia Ahern.

SINOPSE: Tamara Goodwin sempre teve tudo o que quis e nunca precisou pensar no amanhã. Contudo, de repente, seu mundo vira de cabeça para baixo e ela precisa trocar sua confortávelvida da metrópole por uma cidadezinha do interior. Assim, Tamara logo se sente solitária e louca para voltar para casa.
Então, uma biblioteca itinerante chega ao vilarejo, trazendo junto um misterioso livro de couro trancado com uma fivela dourada e um cadeado. O que Tamara descobre ao longo de suas páginas a deixa surpresa. E tudo começa a mudar das maneiras mais inesperadas possíveis... Será possível mudar o amanhã?


Escolhi começar a ler algo da Cecelia Ahern por esse livro por não estar tão afim de ler romance; para quem não sabe, a autora é super conhecida por ter publicado o livro P.S. Eu Te Amo - que virou filme também, indico aos românticos de plantão. A proposta do livro é bem diferente do que eu estou acostumada a ler e quando iniciei a leitura, achei que iria encontrar um livro com uma personagem mais adulta, não uma adolescente de 16 anos, e com pegadas mais sérias, digamos assim. Mesmo tendo como respaldo uma proposta sobrenatural de encontrar um livro que traga os acontecimentos do dia seguinte. Mas eu estava enganada. E gostei disso.

03 junho 2013

Laços Inseparáveis, Emily Giffin

| | 17 comentários
INFORMAÇÕES:
QUANTIDADE DE PÁGINAS: 448
EDITORA: Novo Conceito
COMPRE: Submarino, Saraiva

Laços Inseparáveis conta a história de duas personagens centrais: Kirby, uma adolescente de 18 anos tentando viver a vida e descobrir o que fazer do seu futuro, e Marian Caldwell uma renomada produtora de televisão com uma aparente vida perfeita e um relacionamento amoroso promissor. As duas aparentemente não teriam ligação alguma, caso não estivéssemos falando de um segredo do passado, bem escondido, que as une e acaba por promover o encontro pessoal entre as personagens. E elas não imaginavam o quanto esse encontro pudesse mudar completamente o rumo de suas vidas e abalar o que antes era a estrutura de vida aparentemente sólida que ambas desfrutavam; sem deixar de afetar as pessoas que estão ao seu redor.

Emily Giffin consegue trazer assuntos delicados e atuais em um contexto simples do cotidiano e mesclar com uma narrativa deliciosa de se ler. Apesar do assunto abordado não ter tanta novidade assim, a forma como a história é contada faz toda a diferença. Emily Giffin sabe como prender o leitor em seus livros, digamos assim. Ela consegue amarrar vários “nós” da história e depois desenrolar quase tudo – deixando nesse livro uma questão em aberto, para que possamos refletir depois.