Sobre ser plagiada - Nuvem de Letras

sexta-feira, março 01, 2013

Sobre ser plagiada

Bom, o caso é o seguinte galera: descobri que fui plagiada. E pior: por um blog que recebo as atualizações por e-mail. E pior: já fui blog parceira dessa pessoa. E pior: a bendita não se deu nem ao trabalho de formatá-lo ou dar uma alterada para "disfarçar" (o que seria pior, pensando por esse lado). Não!! Ela simplesmente copiou e colou. CTRL+C e depois CTRL+V. Isso. Simples assim. Sem mais delongas, sem complicações. Sem ter que usar seu cérebro para bolar alguma coisa. Isso. Assim, na simplicidade. E na cara de pau, of course.

Ok, sei que esse papo é bem clichê e todo mundo deve estar cansado de falar sobre plágio. E, bem, esse post vai sair um tanto quanto pessoal. Eu precisava fazer isso. Eu precisava colocar pra fora, afinal, fiquei muito irritada e chateada e mais um monte de outras coisas na hora. Fico pensando como as outras pessoas se sentem quando isso acontece com elas. Acredite não é nada legal. Não é divertido ser plagiada, e não é legal plagiar.








Veja só a injustiça: A pessoa se esforça para montar um post, ter uma ideia, criar algo, escrever um texto legal, e então alguém simplesmente chega e copia descaradamente tudo aquilo que o outro fez. E nem se dá ao trabalho de te pedir permissão e/ou colocar os créditos. Sua ideia (ou outra coisa) fica exposta ali, como se aquela outra pessoa (a que não teve o trabalho árduo que você teve) o tivesse criado. Não, isso não é justo. E não, você não está sendo esperto em fazer isso. Porque sim, alguém vai descobrir mais cedo ou mais tarde e as coisas coisas não serão tão mais legais assim.

É fácil pensar em como o plágio é repugnante, reclamar e tudo o mais... Enquanto não é com você. Porque bem, quando isso acontece COM VOCÊ, ah, as coisas ficam bem mais sérias. E não, não dá vontade de ser gentil e pedir "por favor retire meu post do seu blog", ou "pare por gentileza de usar minhas ideias como se fosse suas". Sinceramente? Não sei o que passa pela cabeça dessas pessoas para irem copiando a ideia dos outros - seja qual ideia que for. É sua!! Foi você quem criou - ou nesse caso, eu. E deu um trabalhão - pelo menos pra mim; afinal, gastei tempo criando a postagem, tive que pensar no que ia escrever, editar as imagens e tudo o mais!! E a pessoa com a cara lavada simplesmente vem e copia.

E então você pensa: como agir diante dessa situação? Bem, lembro-me uma vez ter lido em um blog várias postagens sobre plágio e prevenção a ele. Além disso, ensinava como monitorar as postagens de seu blog - para ver se estão sendo copiadas ou não - e outras coisinhas mais, bem interessantes. Acabei me lembrando delas e por coincidência achei o blog (da Elaine Gaspareto). Vou colocar o link logo abaixo, para quem quiser conferir. É como a blogueira que escreveu as postagens disse: não há como proteger 100% seu blog, site ou ideia de plágio; mas há como dificultar a ação. Achei bem interessante e já tinha instalado algumas coisas do tipo no blog. Só não pensei que precisaria relembrá-las.


Vale a pena lembrar que TODOS estão suscetíveis a isso. E às vezes vale mais prevenir, não é galera?

*Obs: sobre a minha história com o plágio, estarei enviando um e-mail para a querida para pedir a ela que retire o post do ar. Se houver algum impasse, talvez, mas só talvez, esse post seja atualizado com mais informações... Ou então pelo twitter do blog. Quem sabe...

8 comentários:

  1. Nossa!!! Mas como tem gente cara de pau né?! E quando a pessoa copia uma resenha?! Nossaaaa!!! Pra mim isso é o fim. Gostei do seu desabafo, e espero que realmente a situação seja resolvida.
    Bjokass

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. @Kelly MunizÉ verdade!! Pois é, a raiva que dá é que a pessoa não se dá ao trabalho de pensar no post, ela simplesmente copia. E resenha, nossa, terrível!!! Eu também espero viu, Kelly =] rsrs

    Beijinhos
    Daisy

    ResponderExcluir
  3. Nossa, isso é muito chato mesmo. Já aconteceu comigo, e felizmente a garota tirou sem problemas e disse que era a colunista que estava plagiando. Bem, cada um com sua consciência, né?

    Beijitos

    ResponderExcluir
  4. Menina, que babado!!!
    Quem foi essa cara de fuinha que te plagiou?? Enfim, muito bom o post.
    Que sirva de lição para os próximos que tentarem.

    Bjkasssssss

    Alessandra Tapías
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Menina que chato em!! Tomara que tudo se resolva...

    ResponderExcluir
  6. Talita do Nascimento5 de março de 2013 10:03

    Nossa! Que cara de pau a pessoa
    Denuncia para o blogger

    ResponderExcluir
  7. Genteee! Tô morta!
    Sabia que havia plágio, mas não imaginava que fosse assim!
    Até desanima a gente a postar mais coisas, ser presente no blog, mas vou procurar saber como proteger minhas postagens, porque, além de tudo, tenho textos próprios no blog.. Apesar de ser tão recente...
    Obrigada por alertar, entrei no seu blog para conhecê-la, e vi logo esse post!

    Já conhece o Endless Poem?
    Mudei tudo lá no blog, e gostaria muito da sua presença por lá, para conferir e contar o que achou!
    Também tem post novo!

    http://endless-poem.blogspot.com.br/

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Daisy, boa noite
    Antes de mais nada muito obrigada pelos links!
    Fico muito honrada e feliz em ter ajudado.

    Realmente o seu caso é ruim, mas é mais comum do que a gente pensa...
    Dá um gelo no coração quando a gente descobre, né?
    Muito ruim...

    Espero que tenha terminado bem, que você tenha conseguido que a pessoa retirasse o post.
    beijos, e obrigada de novo

    ResponderExcluir